sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Senta lá que vem história!

Primeiramente irei contar um pouco de Areia Branca que localiza-se no interior do estado do Rio Grande do Norte, na região da Costa Branca. Na cidade encontra-se a Ponta do Mel, um dos pucos lugares do mundo onde o sertão encontra o mar. Por estar na foz dos rios Apodi-Mossoró e Ivipanim, os quais se intercedem nos extremos da cidade e, juntamente ao Oceano Atlântico, circundam-na, Areia Branca caracteriza-se como uma ilha.
Encontra-se a 330km da capital do estado, Natal, e tal qual sugerido pelo seu nome, a cidade de Areia Branca é conhecida pelas suas belas praias paradisíacas de areias brancas, dunas e falésias, além de uma porção territorial dominada pelo sertão, apresentado uma das mais ricas e variáveis formações geográficas do estado do Rio Grande do Norte. Areia Branca também é lembrada pela sua massiva produção de sal, a qual rendeu-lhe o título de "Terra do Sal".

Agora vamos ao que interessa: A origem dos nomes das ruas e bairros!

O telecentro encontra-se no centro da cidade na Avenida Deputado Manoel Avelino que segundo o morador Paulo Cezar Brito, rendeu-lhe este nome para homenagear Manoel Avelino, ex-prefeito da cidade de Areia Branca, onde este foi deputado estadual do Rio Grande do Norte. Vale ressaltar as principais ruas mais próximas ao telecentro, nas quais destacam-se:

Rua Mestre Silvério Barreto: Antigamente chamava-se de rua 30 de Setembro, porém o mestre de embarcações Silvério Barreto morava nesta rua e com o falecimento dele o prefeito da gestão da época o homenageou, pelos anos de dedicação que ele tinha prestado serviços à cidade.

Rua Marechal Deodoro: Foi uma homenagem ao primeiro presidente da república do Brasil (Manuel Deodoro da Fonseca), mas conhecido como Marechal Deodoro.

Bairro Parabólica: Conhecido assim pelo fato da única rede de transmissão televisiva ser instalada neste local.

Bairro Baixa Verde: Este bairro era chamado de baixa da maré, por ser rodeada da maré, porém o ex-prefeito do município Bruno Filho batizou o bairro como Baixa Verde, por considerar que baixa da maré seria uma forma de discriminação, pelo fato do bairro se encontrar numa região muito carente, mas apesar disso tem um povo muito ousado, digno, guerreiro e que fazem a nossa cidade acontecer.

Como foi pesquisar a origem dos nomes das ruas?
Foi maravilhoso poder pesquisar a origem dos nomes das ruas, pois através disso pude conhecer um pouco mais da origem da comunidade e ainda tive a oportunidade de fazer a divulgação do telecentro nas ruas que visitei.

Qual foi a descoberta mais interessante?
A descoberta mais interessante é que nunca podemos nos contentar com o que sabemos. Sempre devemos buscar aprender mais e conhecer com mais exatidão nossa comunidade. Posso dizer que foi muito proveitoso fazer esta pesquisa, pois descobri coisas até então encobertas, como o nome da rua Mestre Silvério Barreto e avenida Deputado Manoel Avelino.






Nenhum comentário:

Postar um comentário